Mãe de autista e a depressão

by - janeiro 10, 2019




Olá família linda, tudo bem?


Faz muito tempo que não apareço aqui pois tinha começado a me dedicar aos estudos e também quem me segue lá no Facebook viu uma postagem minha falando que estava com depressão.

Antes de mais nada vamos entender um pouquinho do que é essa doença:

depressão é um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história. Pessoas que sofrem com distúrbios de depressão apresentam uma tristeza profunda, perda de interesse generalizado, falta de ânimo, de apetite, ausência de prazer e oscilações de humor que podem culminar em pensamentos suicidas.
Por isso, o acompanhamento médico é imprescindível o tanto para o diagnóstico quanto para o tratamento adequado.
A depressão atinge mais de 300 milhões de pessoas de todas as idades no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, a estimativa é que 5,8% da população seja afetada pela doença.
Nós que temos um filho com autismo, sofremos uma carga emocional muito intensa todos os dias. Muitas vezes temos que ser super mães, super esposas e super mulheres, mas na verdade não queremos ser super heroínas, e nem somos. A depressão é uma doença muito comum e no meu caso não tive por causa do diagnostico do meu filho, mas por outros fatores pessoais em minha vida.
Se você mãezinha acha que tem depressão, procure ajuda, não faça como eu que me arrastei durante anos com depressão e ansiedade pra poder procurar ajuda. Nossos pimpolhos precisam de nós e precisamos estar bem para que possamos ajudar no seu desenvolvimento.
A nossa vida não é  fácil, quem passa pelo que passamos nos compreende perfeitamente. dizem que somos mães especiais, mas a verdade é que somos apenas mães normais que precisam de compreensão, carinho, apoio e ajuda.

Por: Adassa Teixeira


A parte sobre o que é depressão foi retirada do site: https://www.minhavida.com.br/saude/temas/depressao

You May Also Like

0 Comments

Comentarios anônimos não serão aceitos