Ensine seu filho autista a ser o mais independente possível, pois não somos eternos

by - julho 06, 2018


imagem retirada do site http://www.sexualidadenfamilia.com/2012/02/psicologia-ninos-independientes.html

Sim essa é uma grande verdade, nós não somos eternos. O maior sonho de quem tem um filho especial é ser eterno, afinal dependendo de qual seja a doença ou transtorno a pessoa talvez não venha a ser independente no futuro.

Atualmente o autismo pode ser classificado como Leve, moderado e Severo. Autistas, principalmente no grau considerado leve tem chance de se tornarem independentes no futuro, e alguns até pode conseguir ter uma vida próxima da normalidade. Eu como mãe de um autista sempre ensinei ele a ser o mais independente possível. Eu acredito no meu filho. Se você não acreditar no seu filho e nas capacidades dele, quem acreditará?

Desde pequeno eu vou ensinando o meu filho a se tornar independente. Mas ai você deve está pensando, "ela acha que é fácil fazer isso aqui em casa com o meu filho", mas ai eu te afirmo, que tudo dependerá do seu esforço. Você acha que aqui em casa é fácil?  não nunca foi fácil, mas através do da ajuda de deus e dos meus esforços, eu vou conseguindo vitórias a cada dia que passa.

Atualmente, meu filho está com 5 anos, e o que ele aprendeu?


  1. Comer sozinho: 
Comecei a ensinar o meu filho a comer  com mais ou menos 3 anos de idade. No inicio não foi fácil pois ele não sabia pegar na colher direito e derramava comida pra tudo quanto é lado, mas hoje ele já come sozinho e não suja quase nada. Isso só foi possível por que não me importei com sujeira e acreditei que ele poderia comer sozinho. Em outras palavras, eu acreditei na capacidade dele.

     2. Escovar os dentes:

Esse, eu só ensinei a pouco tempo, porem ele já consegue escovar os dentes sim, principalmente se eu escovar junto com ele.

     3. Abre a geladeira e come o que quer:

Meu filho acorda primeiro que eu todos os dias, portanto se ele estiver com fome, ele vai na geladeira e come o que achar. geralmente sempre deixo algo fácil como maças e suco por exemplo, alem disso ele também vai ao armário comer pão e biscoito, ou a fruteira atrás de bananas. Em outras palavras, já sabe se virar kkkkkkkkk.

    
Bem, essas são algumas coisas que o meu filho já faz sozinho. Pra alguém que não tem um filho com autismo pode ser besteira, mas pra mim são grandes vitórias. Eu tenho total consciência que para algumas pessoas com filhos autistas essa não é uma tarefa fácil, mas eu digo e repito:

NÃO DESISTA DO SEU FILHO!!

You May Also Like

21 Comments

  1. Que post maravilhoso e é uma ótima dica para quem tem um filho autista, concordo muito com o que disse, o ensinamento para fazer eles serem independentes não é só de ensinar todos os dias, também é da confiança que os familiares tem e que transmite isso de uma forma para a criança ter mais força de vontade para aprender, parabéns pelo post e pelas pequenas conquistas que seu filho teve 😊😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Pamela, cada dia é uma vitória aqui em casa.

      Excluir
  2. Sábio conselho! Infelizmente não estaremos aqui para auxiliarmos quem amamos, mas enquanto estivermos podemos e devemos mostrar o quão capazes são! Parabéns pelas conquistas que teve junto ao seu filho, são vitórias inspiradoras!
    Abraços 😊

    ResponderExcluir
  3. É uma grande verdade! Ninguém é eterno, e acho que é essencial agir como você, ensinando o filho a ter a maior independência possível! Seu filho com certeza vai ser grato por você nunca duvidar da capacidade dele, claro, respeitando seu tempo e limites.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Ju, mães devem agir o mais cedo possível para que os filhotes sejam independentes. Bjuuss

      Excluir
  4. Que legal o seu post!
    Muito interessante abordar este assunto!
    Crianças autismo enfrentam problemas no desenvolvimento da linguagem, nos processos de comunicação, na interação, no comportamento..
    Tais instruções que citou no post com certeza ajudarão tais crianças a serem mais independentes...
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim é verdade enfrentam bastante problemas, e atraso na linguagem como você falou é uma das mais comuns características do autismo. tem mães que sonham até hoje em ouvir a palavra "mamãe" da boca do seus filhotes.

      Excluir
  5. Que post inspirador, parabéns por sua força de vontade e por acreditar em seu filho. Realmente os pais não são eternos, por isso é importante proporcionar um maior grau de independência aos filhos, ainda mais no caso de autistas. Continue assim que mais vitórias virão. Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Post maravilhoso falando desse assunto, realmente quem são pais não são eterno, por isso a importância de ensinar ele a ser independente,de não depender de ninguém, parabéns por você está ensinando o seu filho a ser mais independente, você fazendo dessa forma está ajudando muito ele, e ele quando crescer vai te agradecer muito, bjs.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Adassa! Tudo bem?
    Sempre te achei uma mãe extremamente dedicada e isso é algo lindo de se ver. Quando visitei seu blog pela primeira vez, já fiquei encantada com o seu trabalho aqui, dando dicas e incentivos à mamães de autistas.
    Pessoas com autismo, seja o grau que for, são pessoas extremamente inteligentes, logo, são sim capazes de aprenderem qualquer coisa. Sabemos que realmente não é fácil, mas basta ensinar com dedicação e paciência que em algum momento tudo flui! O que não dá para fazer é largar tudo de mão e usar a desculpa de que a criança não aprende. já ouvi até mesmo pais de crianças que não possuem necessidades especiais dizerem que cansaram de ensinar, porque o filho não aprende e sempre vem uma desculpa acompanhando outra desculpa.
    Por isso, digo e repito que seu filho tem muita sorte por ter nascido de uma mãe tão esforçada e dedicada como você. Parabéns! <3
    Ah, Fiquei muito feliz ao ler as conquistas do Davi! <3

    Beijos!
    Isa | Pedagogia Criativa
    http://pedagogiacriativa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Isa, agradeço imensamente o carinho no seu comentário. Se os pais de crianças sem o autismo soubessem o que é ter um autista em casa, jamais comentariam que estão cansados de ensinar pois a criança não aprende. Temos que ter muita dedicação como você falou no seu comentário, afinal tudo é recompensado com muito esforço e dedicação.Bjusss

      Excluir
  8. Já acompanhei crianças com autismo e imagino como é vitorioso pra você e também pra ele essas tarefas que ele consegue realizar sozinho. Fico até chorosa, pois nesse momento penso como mamães assim deveriam sim ser eternas. Muito amor pra vocês! E que vocês sigam assim sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é uma vitória muito grande Daiana, pois a cada dia que passa a minha fé aumenta, acreditando que o meu filho saberá se virar se caso eu não estiver mais aqui.

      Excluir
  9. Uma variedade de fontes na comunidade do autismo está levantando preocupações sobre questões relacionadas à independência. O Conselho Nacional de Pesquisa recentemente recomendou oito áreas de foco para o desenvolvimento educacional em seu livro Educando Crianças com Autismo.Habilidades organizacionais independentes,que incluíam completar as tarefas de forma independente e seguir as instruções em um ambiente de grupo sem assistência de adultos.Até para se protege caso não tenha um adulto por perto excelente seu post vai ajudar muitas mães...

    ResponderExcluir
  10. Não terei filhos, mass trabalho com crianças, logo seu post me ajudou bastante. Mesmo nós que não temos filhos nem teremos podemos aplicar suas dicas na vida, pois teremos sobrinhos, eu no caso tenho alunos. Gostei bastante!

    ResponderExcluir
  11. É um conselho que serve para todas as mães, não somos eternas. Algumas mães não deixam os filhos serem independentes , mas esquecem que não estarão ali sempre. Fico muito feliz que mostre a seu filho que ele pode fazer as coisas sozinho, você é uma mãe incrível.

    http://fragosoalline.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. São de pequenas vitórias a cada etapa da vida do autista, vai trazer a independência dele, que é muito importante para o futuro. bjs.

    ResponderExcluir
  13. Que inspirador, eu não tenho um filho autista, mas tenho uma tia que sim, ela ensinou varias coisas para ele, mas ele ainda não e independente e já tem seus 21, recomendei para ela seu blog, ela gostou bastante mas diz ser muito difícil para ela, pois ela tá sempre querendo protege-lo de tudo.

    ResponderExcluir

Comentarios anônimos não serão aceitos