Rotina da mãe de um autista: Como eu estou vencendo o cansaço - Autismo entre mães

9 de maio de 2018

Rotina da mãe de um autista: Como eu estou vencendo o cansaço





Quem possui uma criança autista deve muito bem me entender, vivemos esgotadas, cansadas e sem animo pra nada. Nossa vida é voltada para o nosso filho, não que seja algo ruim, não me entendam mal, mas nessa correria não sobre nenhum tempo pra cuidarmos de nós mesmas.

Eu sou Adassa teixeira, mãe de um autista carinhoso, amável e super sapeca que é o Davi, e passo por isso também. Minha vida é uma correria, pois alem das terapias do meu filho, eu tenho casa e marido pra cuidar e além disso ainda trabalho em casa. Minha rotina é tão pesada que eu estava parecendo uma mosca morta



Coloquei essa imagem super educativa kkkkk isso me representava.



Eu vivia super cansada, até um tempo atrás. Minha gente, só quem convive com uma criança autista sabe do que eu estou falando. Eu não tinha animo pra nada, dormia tarde e acordava cedo, ficava o dia todo me arrastando na casa como se fosse um zumbi, até que começou a aumentar as minhas enxaquecas. Eu já sofro de enxaqueca todo mês, mas estava ficando pior pois quase todo dia eu tinha uma crise. Depois que isso aconteceu eu resolvi tomar a atitude de me cuidar mais, eu já sei o que você vai dizer... "Adassa eu lá tenho tempo pra isso", mas eu vou ser sincera com você, eu falava a mesma coisa e com o tempo eu estava ficando pior, cheguei até a pensar que estava com depressão. 


Se cuidar é algo fundamental não só pra você mesma, mas pra você cuidar do seu filho. Eiiiii eu não tô mandando você entrar em uma academia e virar FITNESS, mas peço que comece com uma reeducação alimentar. 

Eu me alimentava super mal e isso refletia na minha disposição, então passei a me alimentar melhor e também comprei um suplemento vitamínico. Cortei todo tipo de besteiras e comecei a comer mais frutas e até a oferecer ao meu filho que não come muitas. O suplemento vitamínico junto com a minha alimentação me ajudou 100% e depois de uma semana eu já estava bem mais disposta pra enfrentar a rotina do dia a dia.

Mãe, eu sei que não é fácil, sei por que também tenho um filho autista  e o meu é super hiperativo, mas faça um esforço que eu garanto que esse cansaço vai melhorar. Eu percebi que me alimentando mal eu prejudicava não só a mim, mas a meu filho também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentarios anônimos não serão aceitos