Por que crianças autistas andam de um lado para o outro? - Autismo entre mães

26 de março de 2018

Por que crianças autistas andam de um lado para o outro?





Existem algumas perguntinhas básicas na vida de todo familiar que possui criança com autismo, e uma delas é por que muitas autistas andam de um lado para o outro o tempo todo. Não é novidade pra ninguém que tenho um filho com autismo, mas algumas pessoas não sabem que a minha irmã também é autista em um grau moderado. O meu filho tem mania de correr muito e gritar o tempo todo, já a minha irmã anda de um lado para o outro sem parar. levamos minha irmã ao supermercado ou qualquer outro lugar e quando menos esperamos ela está andando de um lado para o outro. A minha mãe as vezes comete o equivoco de mandar ela parar, mas não adianta ela logo está fazendo a mesma coisa.


Mas por que será que muitos autistas fazem isso?

Simplesmente porque os acalma. Muita vezes tentamos fazer o nossos filhos pararem de gritar, pular e de andar de um lado pra outro, porque temos medo da opinião da sociedade e odiamos os olhares maldosos das pessoas, mas geralmente existe um por que das coisas acontecerem, e com crianças autistas funciona da mesma forma. Quando a criança autista vai a algum local incomodo, cheio de pessoas, com barulho ele podem tapar os ouvidos e também podem andar de um lado para o outro para se acalmarem e não terem uma crise naquele momento. A boa noticia é que com terapias e com o passar dos anos esse comportamento pode melhorar muito. Quando o seu filho estiver assim, vai facilitar muito pra você pensar da seguinte maneira:

- por que o meu filho está andando de um lado pra o outro?
- O que está incomodando ele?
- o que eu posso fazer pra ele se acalmar?

Pra você conseguir responder essas perguntas terá que observar mais o seu filho,como ele se comporta nos lugares e quais são os gatilhos das suas crises. Com o tempo você aprenderá o por que ele faz determinadas coisas só de observar e até poderá evitar futuras crises.


3 comentários:

  1. adorei saber disso, minha amiga tem uma filha que é autista da um trabalhão. esse blog tem ajudado muito ela como mãe a lidar com isso e a gente que ta de fora

    ResponderExcluir
  2. O tratamento correto para o autista é fundamental para o bem-estar dele.

    ResponderExcluir
  3. Realmente eles tendem ficar mais calmos, tenho um sobrinho com um grau de autismo mais moderado (eu acho), hoje aprendi lidar com ele e até conversamos bastante, ótimo post!

    ResponderExcluir

Comentarios anônimos não serão aceitos