Caracteristicas de autismo leve para mães que descobriram o autismo recentemente - Autismo entre mães

2 de março de 2018

Caracteristicas de autismo leve para mães que descobriram o autismo recentemente





Os Tempos mudaram, as pesquisas avançaram e já se foi o tempo em que Criança autista só é aquela que fica calado num cantinho sem falar com ninguém. O autismo hoje possui a classificação de leve, moderado e severo. Neste post quero enfatizar as características do autismo leve, para que possa ajudar você na identificação do transtorno.

As características consideradas mais comuns são aquelas que, independente do ‘grau’ de autismo, aparecem com mais frequência nos pacientes. O caso do bebê que não corresponde aos estímulos dos pais é apenas um deles. Vejam quais são os outros:
– Interesses restritos:
A criança ou o adolescente desperta predileção por apenas um objeto ou assunto. A pessoa pode passar horas dedicando seu tempo, por exemplo, a assuntos relacionados a aviões; levando-o à apatia por outros temas.
– Estereotipia:
Quando o paciente manifesta mania de enfileirar seus brinquedos ou contar milimetricamente todos os azulejos da cozinha; outros.
– Hipersensibilidade
Irritabilidade com sons altos, determinadas texturas e cheiros; sensações de aperto ou algo pegajoso; paladar extremamente apurado e visão pouco resistente a alguns tons de cores. O autista convive com essas características. No entanto, é válido lembrar que ele provavelmente manifestará uma ou duas delas, mas não todas necessariamente.
– Atraso na fala
Umas das características mais presentes em pacientes diagnosticados com autismo. A criança pode desenvolver tardiamente ou nem mesmo conseguir desenvolver tal habilidade (por isso a importância dos fonoaudiólogos).
– Apego à rotina
O autista gosta de fazer tudo que esteja ligado ao seu dia a dia, respeitando a ordem das coisas e os horários. Tudo de maneira rigorosa.
– Comorbidades
Algum distúrbio pode vir acompanhando o autismo do paciente: TDAH, Transtorno Bipolar, Transtorno Opositivo Desafiador, etc.
Diante da exposição das características mais comuns, a melhor dica é procurar auxílio médico para oferecer aos pequenos e aos jovens o tratamento ideal para uma melhor qualidade de vida.



5 comentários:

  1. Muito interessante você abortar esse tema.
    Bjus
    Jaque
    www.quebreiaregra.com.br

    ResponderExcluir
  2. bOA NOTE, COMO VAI?
    Gostei bastante do seu post, eu tenho um primo que e autista e tem algumas das caracteristicas que você citou

    ResponderExcluir
  3. oi!
    Parabéns pelo seu post é super importante e informativo, muitas pessoas não sabem as características do autista... Este é um tema muito importante!
    bjo

    ResponderExcluir
  4. Muito informativa sua postagem ♥ Já disse que seu blog é super util e interessante

    ResponderExcluir
  5. Poxa vida, vc abordou coisas que meu filho faz, ele é autista leve, o médico disse traços de autismo. Obg.

    ResponderExcluir

Comentarios anônimos não serão aceitos