Seu filho não tem culpa de ter autismo - Autismo entre mães

27 de fevereiro de 2018

Seu filho não tem culpa de ter autismo



Por Adassa Teixeira 


"Seu filho não tem culpa de ter autismo", é uma frase que todo mundo sabe que é verdade mas esquece muitas vezes na prática. Esse post é para as mães que costumam descontar o seu estresse no seu filho, e esquece que ele possui sentimentos como qualquer outra pessoa comum e que pode se machucar.

Não mãe, o seu filho não tem culpa de ser autista, ele não pediu pra nascer com esse transtorno e pra ser sincera ele nem sabia que ia nascer. Hoje eu fui levar o meu filho pra fazer a terapia fonoaudiológica e presenciei uma frase que doeu no meu coração, uma criança autista gritava muito na sala de espera, se balançava pra lá e pra cá e estava muito inquieta, então chegou um momento em que a mãe dele o agarrou e disse "gritar você saber, mas falar que é bom você não sabe". Essa frase quase me fez chorar pois eu me senti no lugar daquela criança. E os gritos dessa criança prezada mãe não era uma forma de comunicar, de chamar a sua atenção? Enquanto você estava jogando papo com pessoas desconhecidas, a pessoa que mais precisava da sua atenção estava ali tentando chamar a sua atenção com os seus gritos. Não, eu não quero te criticar mãe desconhecida pois também tenho um filho autista e só quem sabe o que você passa é você mesma, mas não faça isso pois corta o coração do seu amado anjo.

Por mais que tenhamos os nossos estresses e problemas, jamais devemos descontar em nossos filhos. As crianças autistas possuem sentimentos e embora muitas não saibam falar tentam se comunicar de várias outras formas, inclusive através de gritos. Nunca culpe o seu filho pelas limitações que a deficiência tráz pra ele, busque compreende-lo. Tenha certeza que o seu filho deseja muito se comunicar com você, mas muitas vezes não sabe como, e você ficando nervosa só vai fazer com que ele se sinta cada vez mais angustiado. 

Utilizo o exemplo acima para alertar a mim mesma e a qualquer outra mãe com filho autista ou com qualquer outro transtorno ou deficiência. Sei que não é fácil o que passamos e que muitas vezes precisamos pedir paciência a Deus pra lidar com os problemas da nossa vida, mesmo assim devemos nos colocar no lugar dos nossos filhos antes de falar qualquer frase que possamos nos arrepender depois. Lembre-se que a pessoa mais importante na vida do seu filho é você, logo o que você fala pra ele terá peso em dobro.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentarios anônimos não serão aceitos