Autismo leve características - Autismo entre mães

1 de fevereiro de 2018

Autismo leve características






Os Transtornos do Espectro Autista (TEA) é um transtorno de desenvolvimento que afeta de forma significativa a capacidade de interação social, as habilidades de comunicação social e comportamentos anti-sociais com repetições e interesses sem conexões com o contexto. Estes sintomas podem começar em qualquer momento da infância, especialmente antes dos 3 anos de vida.  Os sintomas variam de intensidade de criança para criança e podem se apresentar desde traços discretos até severos, e a identificação pode ser facilitada e dificultada de acordo com a amplitude dos sintomas.


Identificar, portanto, um Autismo Leve muitas vezes é um desafio, pois quadros discretos são mais difíceis de ser diagnosticados. Além disto, o TEA é uma condição onde não existem exames de imagem ou de laboratórios que o comprovam, dependendo totalmente da observação clínica, comportamental, e do relato dos pais, cuidadores e da escola para confirmar ou descartar sua presença.(leia também como é feito o diagnóstico do autismo) Estes relatos podem ser desencontrados, incompletos, pouco entendidos por quem avalia ou minimizados por quem observa.  Este processo pode levar a uma demora maior nas consultas e até possível desistência dos pais, ficando a criança sem uma definição e sem um possível tratamento que faria diferença. ( leia também como é a nova lei de diagnostico precoce do autismo)
Assim, conhecer os sintomas da forma leve do Autismo é muito importante, devendo ser investigado rotineiramente durante a puericultura e nos CMEI’s ou creches, dos 18 aos 30 meses de vida.

Algumas características do autismo que podem ajudar no seu diagnóstico são:
  • Relacionamento interpessoal afetado;
  • Riso inapropriado;
  • Não olhar nos olhos;
  • Frieza emocional;
  • Poucas demostrações de dor;
  • Gostar de brincar sempre com o mesmo brinquedo ou objeto;
  • Dificuldade em focar-se numa tarefa simples e concretizá-la;
  • Prefere ficar só do que brincar com outras crianças;
  • Aparentemente não ter medo nenhum de situações perigosas;
  • Ficar repetindo palavras ou frase em locais inapropriados;
  • Não responde quando é chamado pelo nome como se fosse surdo;
  • Acessos de raiva;
  • Dificuldade em expressar seus sentimentos com fala ou gestos.
Os autistas leves geralmente são muito inteligentes e extremamente sensíveis a mudanças inesperadas. O diagnóstico do autismo leve pode ser feito pelo psiquiatra em qualquer fase da vida do indivíduo, mas geralmente ocorre na infância. (leia também como dar entrada no beneficio de uma criança autista no INSS)


Fonte da pesquisa: 

http://entendendoautismo.com.br/artigo/quais-os-principais-sintomas-do-autismo-leve/
https://www.tuasaude.com/autismo-leve/
https://saude.abril.com.br/familia/autismo-veja-como-identificar-seus-primeiros-sinais/




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentarios anônimos não serão aceitos